澳门太阳电子游戏网址-线路检测_欢迎您

  • <output id="6e0za"></output>

    <track id="6e0za"></track>
    <track id="6e0za"><strike id="6e0za"><tt id="6e0za"></tt></strike></track>
    <table id="6e0za"></table>
    <table id="6e0za"></table>
      <track id="6e0za"></track>
      1. <p id="6e0za"><del id="6e0za"><xmp id="6e0za"></xmp></del></p>
      2. Conhecer a SISU

        Inspirada no lema de "Moralidade Íntegra, Aspiração Elevada e Erudição tanto da China como do Mundo”, a Universidade de Estudos Internacionais de Xangai (Em inglês: Shanghai International Studies University - SISU) é uma instituição académica de prestígio e com reconhecimento internacional, que se distingue pela sua natureza globalizada e multidisciplinar, empenhada em formar profissionais inovadores e futuros líderes dotados de conhecimentos internacionais, destinados a estarem à altura de corresponderem aos desafios críticos dos tempos atuais.

        A Nossa História

        A nossa história começou em dezembro de 1949, com o estabelecimento da Escola Russa de Xangai, afiliada à Universidade de Revolução do Povo do Leste da China, sendo uma das primeiras instituições de ensino superior em línguas estrangeiras estabelecidas na República Popular da China. O seu primeiro reitor, Jiang Chunfang, é um tradutor de Russo de renome e um editor pioneiro na publicação da Enciclopédia da China. Ao longo da sua história, a SISU tem atraído e retido distintos académicos empenhados no ensino e em atividades académicas, tais como Fang Chong, Lu Peixian e Xu Zhongnian, que se tornaram uma parte da riqueza crescente de recursos intelectuais da Universidade.

        Academia Destacada

        Tratando-se de uma universidade globalizada e de alto nível no contexto da China, a SISU tem desenvolvido com sucesso um misto diversificado e distintivo de disciplinas tendo com pilar a área das línguas. Mantendo um posicionamento alto no ranking académico de universidades do mesmo tipo, a Universidade recebe financiamento destinado a oferecer dez especialidades caracterizadas a nível estatal, além dos nossos três disciplinas-chave a nível estatal, já existentes e uma base nacional de ensino de graduação (licenciatura) para línguas estrangeiras não universais.

        Nos últimos anos, a caráter especial da SISU foi reforçado com um aumento do número de programas de cursos relacionados línguas para 25 ( valor que abrange 21 línguas estrangeiras), a par deu um aumento significativo do número de programas de doutoramento e de mestrado, de que resultou uma estrutura educacional mais equilibrada. Ao Instituto de Pós-Graduação em Interpretação e Tradução (Em inglês: Graduate Institute of Interpretation and Translation - GIIT) da SISU é atribuída a classificação mais alta pela AIIC, isto é, a Associação Internacional de Intérpretes de Conferência, tratando-se da única universidade da Ásia classificada entre as 15 melhores escolas da interpretação de conferência profissional no mundo.

        Investigação de Excelência

        Com a missão de “apresentar o resto do mundo à China” e de “apresentar a China ao mundo”, a SISU tem vindo a ganhar uma reputação sem paralelo no contexto da investigação na área da linguística e dos estudos diplomáticos realizada na China. Baseando a nossa força em programas de multilinguagem e de recursos multidisciplinares, enquanto respondemos a estratégias nacionais e regionais, temos em curso mais de cinquenta institutos de investigação e centros, servindo como grupo de reflexão académica oferecendo serviços consultivos sobre políticas linguísticas, estratégias diplomáticas e opinião pública do mundo para a China. Estas entidades académicas produziram investigação fundamental e também estão empenhadas em promover o desenvolvimento das ciências sociais na China. A Universidade atualmente edita e publica 11 revistas académicas conceituadas, que são rigorosamente revistas por especialistas. Entre estas, destaca-se a Revista de Línguas Estrangeiras, financiada pela Fundação Nacional de Ciências Sociais da China, a única publicação em estudos linguísticos classificada entre as “30 Melhores Revistas de Ciências Sociais das Universidades da China".

        Presença Global

        Assumimos como prioridade estratégica no nosso plano de desenvolvimento alcançarmos uma escala cada vez mais global e trabalhamos ativamente com vista à abertura de horizontes, a nível internacional, dos nossos estudantes, com um especial destaque para a imersão num ambiente multicultural. Atualmente firmámos parcerias com 300 universidades e institutos de 55 países e regiões, e mantemos uma estreita ligação com organizações internacionais, entre as quais a Organização das Nações Unidas e a União Europeia. Também temos compilado e publicado uma série de manuais de Mandarim, para uso de falantes que não falam chinês, como um meio de promover o intercâmbio cultural entre a China e o resto do mundo. Nos últimos cinco anos, cerca de 4.000 estudantes internacionais frequentaram anualmente os nossos programas de Mandarim língua estrangeira ou outros programas académicos, tendo sido criados 7 Institutos do Confúcio na Ásia, África, Europa e América do Sul.

        Instalações dos Campi

        A SISU tem dois campi, o campus de Hongkou e campus de Songjiang, cobrindo uma área total de 74,7 hectares. Os dois campi estão intimamente relacionados, ainda que possuam características distintas. As bibliotecas universitárias têm um acervo total de cerca de 920,000 volumes catalogados (mais da metade em línguas estrangeiras) e mais de 1,1 milhões de documentos eletrónicos. Foi criada uma poderosa base de dados audiovisuais em formato visual contendo recursos multimédia em estudos estrangeiros, destinada a satisfazer as necessidades do ensino e da investigação. A Universidade possui igualmente os recursos mais avançados existentes atualmente, incluindo sistemas de interpretação simultânea de nível mundial, dispositivos de receção de sinal por satélite e laboratórios linguísticos.

        Compromisso Social

        Tirando partido da perícia intercultural e do conhecimento profissional, os professores e alunos da SISU desempenham funções em regime de voluntariado em conferências internacionais, em jogos desportivos e em diversos outros eventos multilingues em que as suas competências linguísticas possam ser rentabilizadas. Também estamos empenhados em dar um contributo para o desenvolvimento da educação em línguas estrangeiras da China. Em 2012, A Imprensa da Educação de Línguas Estrangeiras de Xangai (Em inglês: Shanghai Foreign Language Education Press - SFLEP), afiliada à SISU, publicou 1,268 livros, dos quais 890, ou 70,1%, foram reimpressos. 5 dos 10 livros mais citados sobre temáticas linguísticas, listados na Análise do índice Altamente Citado da China em 2010, foram publicados por SFLEP, o que indica a nossa forte influência na academia chinesa.

        Temo-nos empenhado fortemente em dotar os nossos alunos de uma educação humanista e holística, que lhes permita pensar globalmente e de forma inovadora e fazer uso prático dos seus conhecimentos e habilidades profissionais para que a comunicação intercultural decorra harmoniosamente. Ao longo de mais de 65 anos, os nossos alunos têm dado o seu contributo para o desenvolvimento económico e social da China e para a promoção do intercâmbio cultural amigável com outros povos do mundo.

        Compartilhar:
        澳门太阳电子游戏网址